sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Junquem de flores o chão do velho mundo:
Vem o futuro aí!
Desejado por todos os poetas
E profetas
Da vida,
Deixou a sua ermida e meteu-se a caminho.
Ninguém o viu ainda, mas é belo.
É o futuro...

Ponham pois rosmaninho
Em cada rua,
Em cada porta,
Em cada muro,
E tenham confiança nos milagres
Desse Messias que renova o tempo.
O passado passou.
O presente agoniza.
Cubram de flores a única verdade
Que se eterniza!

(Miguel Torga)

3 comentários:

  1. Tudo pelo melhor

    neste Inverno prolongado

    ResponderEliminar
  2. Olá

    Obrigada pela visita e por me seguir, espero que goste, também gostei do que aqui vi, muitos parabens.

    Abraço

    ResponderEliminar