quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Oração do silêncio

Creio no silêncio...
na suavidade dos gestos,
na ternura das palavras não ditas.

Creio na cor dos sentidos
que pintam os voos de borboletas feridas.

Creio na simplicidade...
daquilo que dou,
daquilo que tenho.

E surpreendida me espanto
com tudo o que sou,
com tudo o que é belo.

E no silêncio me encontro
E em silêncio me espero!

(Maria João de Carvalho Martins, in Do outro lado do espelho)

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Mar imenso

Olho para o mar,
perco o horizonte!
Mar imenso
que nos distancia,
mas não nos afasta!


Nosso amor
conhece o mar,
navega nele
todos os dias
da nossa vida!


Não haverá
naufrágio
e chegará a bonança,
as águas acalmarão,
e o meu coração,
liberto da tempestade,
esperará com esperança,
o dia
em que o mar imenso
nos aproximará,
para sempre,
para sempre, meu amor!

José Manuel Brazão