sábado, 1 de agosto de 2020

Coleccionador de olhos

Coleccionador de olhos
- trago os bolsos cheios
de imagens esmagadas, lágrimas incompletas,
desdéns já moles
e olhos verdes, azuis, castanhos, negros, berlindes,
bugalhos de fogueiras
- que oxalá não me incendeiem as algibeiras!

Faltam-me os teus.

Mas quando ia apanhá-los,
voaram-te das órbitas
com duas asinhas pretas,
a saltarem de mesa em mesa...

Ah! se eu tivesse trazido a minha rede de caçar borboletas!

(José Gomes Ferreira, in Poesia III)

Sem comentários:

Publicar um comentário